CASO ANIELLY: Perita criminal diz que protocolo pioneiro na Paraíba irá trazer mais detalhes sobre crime

O desaparecimento da menina Anielly Teixeira chegou a um desfecho trágico na manhã desta quarta (8). A polícia encontrou o corpo de Anielly em uma mata às margens do Rio Jaguaribe, no bairro Miramar. A polícia teve acesso ao local pela Avenida Epitácio Pessoa. O corpo de Anielly estava sem roupas. As equipes de investigação aguardam resultado da perícia para saber a causa da morte, mas uma análise preliminar no local apontou indícios de esganadura e violência sexual.

Anielly estava desaparecida desde às 5h da manhã do domingo. A criança teria passado o sábado na praia com a mãe e os irmãos. De acordo com a mãe da vítima, ela estava com os filhos dormindo em um quiosque, cujos donos são conhecidos da mulher, após passar o sábado na praia. A mãe explicou que as taxas de transportes por aplicativo estavam muito altas, então resolveu ficar no local e ir embora de manhã cedo. Segundo a irmã mais nova de Anielle, um homem de bicicleta apareceu e levou a criança.

Perícia não descarta abuso sexual

A perita criminal Amanda Melo, conversou com o Programa 360º e informou que o corpo de Anielly foi encontrado com sinais de decomposição, assim o crime teria acontecido logo após a saída da praia, no mesmo local em que o corpo foi encontrado.

Amanda também identificou sinais de esganadura. Por ter encontrado o corpo da criança sem roupas, o cenário aponta que houve crime sexual, mas ainda é necessário laudo pericial.

A Polícia Civil da Paraíba irá usar um método inovador para investigar se houve ou não violência sexual. Segundo a perita criminal método consiste no uso de larvas de partes especificas do corpo, que deve ficar congelado pelas próximas 24h: “Nunca foi usado esse protocolo aqui na Paraíba”.

Ainda segundo Amanda Melo, a pericia dará prioridade ao caso Anielly Teixeira e deve concluir os trabalhos nos próximos dias. Ainda não há prazo para o corpo ser liberado.

 

‘VIVO OU MORTO’: Mãe de suspeito do Caso Anielle revela histórico de violência e afirma que ele é um homem frio

 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar