CONTENDO NOVA ONDA: Secretaria de Saúde de Campina Grande prevê barreiras sanitárias para conter variante Delta

A Secretaria de Saúde de Campina Grande estuda a implantação de barreiras sanitárias para conter a variante Delta da Covid-19. A cidade tem nove casos confirmados da variante e lidera o número de infecções pela cepa indiana na Paraíba.

O secretário municipal de Saúde, Felipe Reul, afirmou, nesta quarta-feira (1), que irá dialogar com municípios da região para que sejam intensificadas as fiscalizações com o intuito de ter um controle da doença. Ontem ele já teve um primeiro contato com o secretário de Saúde do município de Lagoa Seca.

“A gente vai avaliar as flexibilizações. Mostrar os dados ao prefeito (Bruno Cunha Lima) para que tomemos as medidas”, explicou Reul.

Segundo o secretário, dos nove casos da variante Delta confirmados em Campina Grande, apenas um necessitou de internação hospitalar por cinco dias, em enfermaria. “Recebemos ontem no fim da tarde esse relatório da variante Delta. Nos preocupa e acende o sinal de alerta. Pedir sempre a colaboração da população, que deve permanecer com todos os cuidados”, frisou.

Ele destacou que a variante Delta tem uma carga viral maior e alertou a população para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 e intensificar as medidas sanitárias.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar