DESTAQUES DO EXPRESSO: Não terá Carnaval em 2022, vereadora de Conde tenta forjar denúncia e governador anuncia maior concurso da história de Polícia Civil

O Destaque do Expresso dessa segunda (27) adianta para os foliões que as fantasias e confetes ficarão guardados mais um ano. De acordo com o médico Drauzio Varella o Brasil está em uma situação melhor quando se trata do coronavírus, com número de mortes mais baixo do que meses atrás. No entanto, o médico disse que não é hora de relaxar e o país não está pronto para ter grandes aglomerações.

E uma vereadora da cidade de Conde, Munique Marinho, tentou causar revolta na população por meio de uma denúncia. Seu objetivo claro era prejudicar a gestão municipal gerando descontentamento entre os cidadãos. Segundo informações, a vereadora cortou a água de uma escola, cujo abastecimento era realizado por poço.  A vereadora contou com a presidente da Associação da Comunidade Dona Antônia.

Para os concurseiros a notícia é boa: o governador João Azevêdo (Cidadania) anunciou realização de concurso público com 1,4 mil vagas para reforçar o quadro de servidores da Polícia Civil. De acordo com o governador, o edital será publicado na edição do Diário Oficial do Estado da próxima quarta-feira (29). O governador também lembrou que o contingente pedido faz desse certame o maior da polícia civil na Paraíba.

Ouça:

 

Leia as matérias:

MAIOR CONCURSO DA HISTÓRIA: Polícia Civil terá seleção para 1400 vagas e edital será lançado dia 29

MAIOR CONCURSO DA HISTÓRIA: Polícia Civil terá seleção para 1400 vagas e edital será lançado dia 29

MAIOR CONCURSO DA HISTÓRIA: Polícia Civil terá seleção para 1400 vagas e edital será lançado dia 29

 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar