Ele contrariou o médico e secou 76 kg sem cirurgia: “Meta era 1 kg por vez”

Após ganhar um videogame na infância, Thiago Castro, 36, acabou se tornando sedentário e começou a engordar. Ele chegou a pesar 155 kg e ouviu do médico que não teria a menor chance de emagrecer sem bariátrica. Então, decidiu mudar de vida e conseguiu chegar a 79 kg com exercícios e alimentação saudável

“Até os sete anos eu era magrinho. Fui criado no interior e vivia brincando e correndo na rua. Mas aí, ganhei um videogame e comecei a ficar sedentário. Passava o dia dentro de casa, comendo bolacha na frente da televisão. Foi então que se iniciou minha briga constante com a balança.

Engordei e sofri bullying na escola. Tinha vários apelidos relacionados ao meu peso e sempre era o último a ser escolhido nas aulas de educação física. Foi um período muito difícil. Fiz todos os tipos de dietas possíveis, incluindo algumas que via em revistas e não eram saudáveis. Também tomei remédio para emagrecer e procurei orientação de nutricionistas, mas nunca seguia o cardápio por muito tempo.

Como emagreci - Thiago - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Depois de tantas tentativas sem resultado, já tinha aceitado que nunca conseguiria perder peso e ser magro. Foram crenças limitantes que coloquei para mim. Fiz faculdade de jornalismo e meu sonho era ser âncora de telejornal, mas comecei a sentir que também não conseguiria realizar meu sonho profissional por conta do excesso de peso.

Fui contratado para trabalhar em um jornal da cidade e me afundei no trabalho. Minha vida era comer, fumar, beber e trabalhar. Estava totalmente entregue. Quando tinha direito a férias, vendia, pois não queria ter esse tempo livre. Não tinha perspectiva de nada.

Depois, comecei a trabalhar como assessor de imprensa do prefeito na época. Nesse emprego, fui obrigado a tirar férias e viajei para o Rio de Janeiro. Conversando com um conhecido lá, ele disse que estava precisando de um ator com o meu perfil. Sempre sonhei em ser ator, mas também abafei esse desejo.

Quando voltei, fui em uma consulta médica para ver a possibilidade de fazer uma cirurgia bariátrica. Estava com 155 kg e tinha gastrite, esofagite, refluxo e depressão, pois meu pai tinha falecido há pouco tempo.

Perguntei ao médico qual era a chance de eu conseguir emagrecer sem a cirurgia e ele respondeu que nenhuma. Eu me senti um lixo, mas aquela resposta me deu um baque. Interrompi o que ele estava falando e disse que ia conseguir emagrecer sozinho. Estava com ódio de mim mesmo por ter chegado nessa situação aos 26 anos

Comecei a fazer dieta e exercícios, pedi demissão, vendi meu carro e fui para o Rio de Janeiro fazer um curso de teatro, para realizar o sonho de atuar. Quando cheguei no Rio, já tinha emagrecido 10 kg.

Como emagreci - Thiago - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Estava feliz com toda a mudança e comecei a me interessar por uma garota da escola de atores, mas sabia que ela não ia querer nada comigo. Então, coloquei como meta que toda semana chegaria mais magro ao curso. Via que isso estava dando resultado e coloquei na cabeça que hoje ia ser melhor do que ontem e amanhã, melhor do que hoje.

Passei a fazer exercícios todos os dias: comecei caminhando na areia e depois me matriculei na academia —inclusive, me apaixonei pela musculação.

Já na alimentação, tirei os industrializados e fast-foods do cardápio e passei a consumir mais alimentos naturais. Eu já sabia o que era saudável ou não, pois já tinha ido a várias consultas com nutricionistas. Sempre comi muito, então, preferi mexer na qualidade dos alimentos do que na quantidade.

Como emagreci - Thiago - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Ao todo, eliminei 76 kg. Meu peso chegou a 79 kg, sem cirurgia, contrariando o que disse o médico. Sempre digo que eliminei 1 kg 76 vezes. A meta de perder 76 kg é dura e exige muito tempo. Pensar em perder 1 kg de cada vez, em melhorar um pouco a cada dia, tornou o processo menos árduo. Mas só foi possível emagrecer pela constância, persistência e energia que coloquei nesse processo de querer estar cada vez melhor.

Um tempo depois passei por um momento difícil na minha vida. Vivia brigando com a mãe do meu filho e essa situação começou a impactar os meus negócios. Na época, já trabalhava como coach, mas era muito difícil cuidar das pessoas quando não estava nem cuidando de mim mesmo. Comecei a desmarcar as sessões, me separei, vi meu negócio falir e comecei a engordar novamente. Afinal, o emocional tem impacto completo no nosso corpo.

Como emagreci - Thiago - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Quando a pandemia estourou, estava com 115 kg e resolvi retomar o foco! Comecei a treinar em casa e me alimentar corretamente. De lá para cá, já se foram 25 kg. Ainda que não tenha voltado a ter gominhos no abdômen, meu corpo voltou a ficar definido. Também voltei a atender profissionalmente como coach.

Passar novamente por um processo de emagrecimento, agora com mais maturidade e de forma consciente, tem sido muito positivo para mim. Não existe segredo! É preciso fazer a reeducação alimentar e atividade física. O emagrecimento é consequência do cuidado. E muitas vezes o que atrapalha a gente é a ansiedade, sabotagem, a crença limitante e a depressão. Hoje, não encaro acordar às 5h como sacrifício, e sim como dever de casa.”

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar