PRO FIM DA FILA: Prefeito de Solânea decreta que quem recusar vacina será deixado para depois

O prefeito de Solânea, Kayser Rocha, não esperou decisão do Governo do Estado e saiu na frente endurecendo as medidas contra as pessoas que ficam escolhendo vacina contra a covid-19. Ele publicou decreto determinando que quem se recusar a ser vacinado por conta da marca do imunizante irá para o fim da fila e, portanto, só será vacinado quando toda a população já estiver imunizada.

O cidadão que não aceitar o imunizante, no ato da vacina, irá assinar Termo de Recusa de Imunização. No texto do Decreto, é reafirmada a importância da vacinação para criar a imunidade individual contra a doença, cobertura da população e controle da covid-19. “Vacina salva vidas e esse é um potencial controle da pandemia que estamos enfrentando. Temos responsabilidade coletiva e precisamos da conscientização de cada um”, disse o prefeito Kayser Rocha.

As vacinas disponibilizadas para imunização contra a COVID-19 são aprovadas pela ANVISA e ofertadas pelo Plano Nacional de Imunização, não podendo o usuário escolher qual vacina deve tomar, salvo contraindicação médica específica.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar