LINGUAGEM CHULA E AGRESSÃO VERBAL: Governo muda classificação do Programa Silvio Santos por linguagem imprópria

O Ministério da Justiça e Segurança Pública decidiu nessa 5ª feira (26.ago.2021) alterar a classificação indicativa do “Programa Silvio Santos”, do SBT. Agora, a atração não é recomendada para menores de 12 anos. Antes, a idade mínima era 10 anos.

A documento afirma que, em novo monitoramento do programa, “foram constatadas tendências de maior relevância como ato violento (12 anos), agressão verbal (12 anos), estigma/preconceito (14 anos), linguagem chula (12 anos), linguagem de conteúdo sexual (12 anos), dentre outras”.

O Ministério da Justiça afirma que algumas das ocorrências registradas foram “agravadas por frequência e relevância”.

A pasta afirma que notificou o SBT, que, posteriormente, solicitou a elevação da classificação indicativa para “não recomendado para menores de 12 (doze) anos”.

Com a mudança, o ministério recomendou ainda que o programa não seja exibido antes das 20h — atual horário de início de exibição no SBT.

PROGRAMA SILVIO SANTOS

O Programa Silvio Santos estreou na TV brasileira em junho de 1963. Em formato de auditório, com quadros de gincanas e brincadeiras e tratando sobre assuntos variados, é apresentado por Silvio Santos, empresário e dono do SBT.

Em 1993 chegou a entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes, como o programa mais duradouro da televisão brasileira, que na época completava 31 anos no ar.

De dezembro de 2019, quando Silvio Santos saiu em férias, a julho de 2021, as gravações do programa foram pausadas devido a pandemia. No período, Silvio Santos ficou em isolamento por pertencer ao grupo de risco.

Um mês depois, em 7 de agosto, as gravações do programa de Silvio foram suspensas após uma pessoa da equipe ser diagnosticada com covid-19. No momento, segue com a exibição de reprises.

Em 13 de agosto, a filha do empresário, a apresentadora Patrícia Abravanel, informou que Silvio Santos foi diagnosticado com covid-19 e estava internado. Em 19 de agosto, em meio às celebrações de 40 anos da emissora SBT, Patricia Abravanel falou, durante o programa “Vem Pra Cá”, que o dono do SBT decidiu ir embora do hospital por conta própria, contrariando a orientação dos médicos, mas que estava quase recuperado.

COMENTÁRIOS CONTROVERSOS

Silvio enfrentou adversidades por comentários considerados “polêmicos” feitos durante seus programas. Passou a colecionar nas redes sociais reações revoltadas, impulsionadas pelo fato de ter se aproximado do presidente Jair Bolsonaro, com acusações de que seria racista, homofóbico e misógino.

Em 2014, Silvio Santos recebeu a atriz Julia Olliver, que interpretou a personagem Pata, no remake de “Chiquititas” no SBT. À época, ele perguntou à menina, então com 11 anos, “o que ela queria ser quando crescer”. A jovem atriz negra e de cabelo crespo disse que queria ser “cantora ou atriz”. Silvio Santos, então, rebateu: “Mas com esse cabelo?”.

O cabelo crespo de uma criança dançarina também não passou despercebido pelo apresentador. Em 2016, no quadro “Talento Infantil”, ele perguntou para a menina se ela se sentia bem com o próprio cabelo. A criança respondeu que sim, antes de ouvir de Silvio que o cabelo “chamava muita atenção”.

No “Teleton 2018”, Silvio Santos disse à cantora Cláudia Leitte que “esse negócio de ficar abraçado” o deixava “excitado”. À época, a cantora até tentou amenizar, perguntando se “era no sentido feliz da palavra”. O que o apresentador, prontamente, negou. Cláudia, então, respondeu: “acho que meu marido tem razão para ficar chateado”.

Em setembro de 2018, no “Jogo das Três Pistas”, os convidados teriam que advinhar a palavra “bichas”, a partir de três dicas, que eram “David Brazil, Gominho e Pabllo Vittar”. Silvio foi alvo de críticas nas redes sociais pela atração.

Em setembro de 2019, a assistente de palco Helen Ganzarolli também foi alvo dos comentários de Silvio Santos. Na ocasião, disse que se “ela continuar engordando”, ele “a tira do programa”.

Em 2019, o apresentador promoveu votação em um show de calouros em que o público escolheu uma cantora negra como a melhor da disputa, mas o apresentador ignorou a votação e deu o prêmio a outra, branca. Depois da repercussão, o SBT não se posicionou oficialmente. Na semana seguinte, Silvio falou sobre o caso e fez piada com a situação.

Em abril de 2021, a jornalista Rachel Sheherazade, ex-apresentadora do SBT, acusou Silvio Santos de assédio moral e humilhação. Ela disse nunca ter recebido nenhum direito trabalhista e afirmou que foi boicotada pelo comunicador e empresário.

Ela pediu na Justiça R$ 19,5 milhões, alegando danos morais e trabalhistas. A jornalista argumenta que foi contratada irregularmente como pessoa jurídica.

A defesa de Sheherazade destacou no processo um episódio de grande repercussão envolvendo a então apresentadora e Silvio Santos. Durante a entrega do Troféu Imprensa, em 9 de abril de 2017, o dono da emissora fez uma reprimenda à apresentadora.

Você começou a fazer comentários políticos no SBT e eu pedi a você para não fazer mais, não pode. Você foi contratada para ler notícias, não foi contratada para ler a sua opinião. Se quiser fazer  política, compre uma estação de TV e vai fazer por sua conta”, disse Silvio Santos no meio do programa.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar