Prefeita de Rio Tinto causa constrangimento durante encontro da UVB: ‘Quem quiser falar tem que pedir licença aos Gerbasi’

Quando uma região tem a honra de sediar um evento, é comum que seus gestores aproveitem a chance para exaltar o que sua cidade ou país tem de melhor. A prefeita de Rio Tinto, Magna Gerbasi, aproveitou que a sua cidade estaria sediando o encontro da União dos Vereadores do Brasil (UVB) e “mostrou quem manda”.

O evento, que aconteceu nesta quarta (11), com a presença do presidente nacional da entidade, Gilson Conzatti, teve a participação de diversos parlamentares inclusive da esfera estadual. O encontro de vários entes políticos, de diversas esferas políticas, em um evento político não agradou a prefeita. Ela se mostrou indignada e pegou o microfone para esclarecer alguns pontos. Segundo ela, ela foi eleita prefeita democraticamente, e por isso não aceitaria críticas a sua gestão. Já tendo passado pela cadeira executiva de Rio Tinto por mais duas vezes, Magna se julga capacitada para passar incólume pelos apontamentos. Mas não só isso, ainda segundo a gestora: “Quem quiser falar tem que pedir licença aos Gerbasi”. A fala da prefeita foi tida por alguns dos presentes como autoritária e chegou a constranger os presentes e convidados.

Danielle Rodrigues, pré candidata a deputada estadual, vendo o constrangimento instaurado, pediu desculpas em nome de todos os municípios do Vale do Mamanguape: “Não queríamos uma rinha de galo, mas foi o que tivemos. A situação foi muito constrangedora, estamos em momento de união, mas foi uma atitude vergonhosa”.

OUÇA:

 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar