STF determina habeas corpus de prefeito de Tavares acusado de extorquir empresários por propina

Atendendo habeas corpus impetrado pelo advogado Aécio Farias, na tarde desta terça-feira (8), por unanimidade, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus ao prefeito do município de Tavares, Ailton Suassuna, e ao seu irmão, Michael Suassuna, então secretário de finança daquele município.

Os dois haviam sido presos por determinação do Tribunal de Justiça da Paraíba, porém, no dia seguinte, o Superior Tribunal de Justiça determinou a liberdade dos dois, porém mantendo o afastamento do cargo.

Eles foram presos suspeitos de extorquir um empresário em busca de propina.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar